quarta-feira, 23 de dezembro de 2009


Sala Ambiente de Língua Portuguesa
No ano de dois mil e oito foi implantado na unidade escolar “Salas Ambientes”. A proposta consiste em que cada professor junto com seus alunos tenha uma sala definida e a função de criar um espaço de aprendizagem com materias de conhecimento acessíveis (livros, dicionários, mapas, laboratórios de ciências, produções de alunos, etc.). A escola passou por uma reforma geral e por isso todas as salas tiveram de ser desmontadas, mas neste ano depois da reforma acabada, retomou-se a proposta e todas as salas foram novamente reorganizadas. Na sala ambiente de Língua Portuguesa o primeiro passo foi a produção de uma “Textoteca” idéia do formador de língua portuguesa Geremias, os alunos participaram ativamente nesta proposta recortaram os gêneros mais diversos de revistas, jornais, periódicos. Cada texto recortado e colocado em caixas de camisas e organizado em um móvel de madeira. Anexamos um mural na parede onde as produções dos alunos podem ficar sempre visíveis. Colocamos um varal de uma janela a outra, nele usando pregadores de roupas fixamos textos que vem na revista Nova Escola e também a revista Ciências hoje. Na sala tem ainda dois quadros brancos um é utilizado para registro e explicação do professor, o outro serve para a direção, coordenação, biblioteca, secretaria fazer informes aos alunos. Tem um armário onde ficam guardados folhas de rascunho, mini-gramáticas, livros, tesouras, cola, tintas, pincel, etc. Usamos as paredes, também uma parte para produção dos alunos outra para folhetos explicativos dos conteúdos. Temos outra cara, somos outra escola, teremos cada vez melhores alunos.

Um comentário:

  1. Muito interessantes as ideias, devemos sempre procurar incentivar os alunos a "ler o mundo". Parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir